Última Hora | Afonso Dhlakama, Denuncia A Reativação De Esquadrões Da Morte | Saiba Mais

O líder da Renamo, Afonso Dhlakama, denunciou ontem a reativação de esquadrões da morte, com o aparecimento de novos casos de raptos e assassinatos e a descoberta de corpos ao abandono no centro de Moçambique.
Em declarações á Lusa, o presidente do principal partido da oposição em Moçambique, disse que durante as últimas duas semanas, pelos menos oito corpos, de pessoas raptadas e assassinadas, foram encontrados ao abandono nos distritos de Cheringoma e Gorongosa (Sofala) e Muda Serração (Gondola, Manica), em zonas de larga influência da Renamo.
“Já começam aqui em Sofala e Manica a serem apanhados corpos de pessoas desconhecidas ao abandono, o que significa que o Estado Moçambicano, o Governo da Frelimo está a reativar os esquadrões da morte” afirmou á Lusa Afonso Dhlakama, em entrevista telefónica a partir da Gorongosa, onde está escondido há dois anos.
Dhlakama disse que a 23 de dezembro, a 10 quilómetros do quartel estatal em Nhamitanga, distrito de Cheringoma, a população seguiu rastos de viaturas e botas militares numa mata e descobriu três corpos abandonados.
Fonte: Portalmoznews